Quais as melhores travas para portões automáticos?

Quais as melhores travas para portões automáticos?

Por: Admin - 24 de Maio de 2024

A nossa segurança muitas vezes depende de pequenos detalhes, e um desses detalhes são as travas. Seja em nosso portão de casa, no cadeado da bike, ou até em sistemas mais complexos, uma boa trava pode fazer a diferença para proteger o que é importante para nós.

Hoje vamos explorar o vasto universo das travas, desde as mais comuns até as tecnologicamente avançadas. Conhecer suas características, vantagens e utilidades pode ser um passo importante para melhorar sua própria segurança.

Trava Magnética

Como o nome já sugere, a trava magnética funciona com base no princípio físico da atração magnética. Ela possui dois componentes principais: a placa de metal e o eletroímã.

Quando a trava é ativada, a corrente elétrica percorre o eletroímã, gerando um campo magnético forte o suficiente para atrair a placa de metal e travar a porta.

Conhecidas também como fechadura eletromagnética ou eletroímã, este modelo é bastante utilizado em portas de lojas, escritórios e prédios comerciais.

Segura e resistente

A trava magnética é conhecida principalmente por sua segurança e resistência. Os modelos mais robustos conseguem:

  • Resistir a tentativas de arrombamento;
  • Possuir forte atração magnética;
  • Suportar até 500 kg de pressão;
  • Não possuem partes móveis, o que as torna mais duráveis;
  • Ser seguras contra falhas elétricas.

Sua segurança e resistência fazem das travas magnéticas uma das opções mais procuradas do mercado quando o assunto é segurança.

Ativação e desativação rápida

Outro fator que torna a trava magnética tão desejada é a velocidade de ativação e desativação. Assim que a corrente elétrica é interrompida, a trava se desativa quase que instantaneamente.

Este é um fator importante principalmente para locais com grande fluxo de pessoas. Com atrava eletromagnética para portão o fluxo de pessoas pode ser gerenciado de maneira mais fluida e segura.

Alta capacidade de retenção

A capacidade de retenção é o quanto de força a trava magnética pode suportar sem se desprender. Isso é medido em Kg ou lbs e pode variar bastante dependendo do modelo e marca da trava.

A maioria dos modelos disponíveis no mercado têm uma capacidade de retenção entre 120kg e 500kg, sendo suficiente para a maioria das aplicações residenciais e comerciais.

Trava Eletromagnética

Não muito diferente da trava magnética, a trava eletromagnética também utiliza a força de atração de um eletroímã para funcionar. No entanto, a sua principal diferença está na forma como a trava é liberada.

Em uma trava eletromagnética, a desativação da trava acontece quando a corrente elétrica é aplicada, e não quando ela é cortada, como acontece com as travas magnéticas.

Funcionamento seguro e eficiente

Por ser acionada eletricamente, a travas eletromagnéticas tem uma alta velocidade de ativação e desativação. Isto pode ser muito útil em locais onde a rapidez na abertura e fechamento do portão é essencial.

Outro fator que pode ser levado em consideração é o trava de portão automático preço. Apesar de possuir um custo inicial maior, a longo prazo esse é um investimento que pode trazer segurança e comodidade.

Fácil integração com sistemas de controle

A trava eletromagnética pode ser facilmente integrada a sistemas de controle de acesso, sejam eles baseados em código, chave, cartão ou biometria.

Este tipo de trava é bastante versátil e adaptável, sendo compatível com quase todos os sistemas de controle de acesso existentes.

Com essa integração, é possível ter controle total sobre quem pode ou não ter acesso a um determinado local.

Fechadura Elétrica

Outra opção bastante comum quando o assunto é trava são as fechaduras elétricas. Esse tipo de trava é bastante utilizado em portas residenciais, pois são fáceis de instalar e possuem um bom custo-benefício.

As fechaduras elétricas possuem um mecanismo que é acionado de forma elétrica para permitir a abertura da porta. Isso garante maior segurança e conveniência, já que pode ser acionada a distância.

Um exemplo disso é o motor para portão de correr com corrente, que permite a abertura e o fechamento de portões de correr de forma automática e segura.

Trava com Cadeado

A trava com cadeado é um dos modelos mais antigos e tradicionais. Ela é composta por um corpo principal e uma peça móvel, a qual é inserida em uma abertura e travada por uma chave.

Mesmo sendo um modelo mais antigo, os cadeados ainda são bastante utilizados em várias aplicações, principalmente devido à sua simplicidade e praticidade.

Trava com Chave de Segurança

A trava com chave de segurança é muito similar à trava com cadeado, porém possui um nível de segurança maior. Este tipo de trava requer uma chave específica para ser destravada, o que dificulta tentativas de arrombamento.

Este modelo é bastante usado em casas, escritórios, e outros locais onde é preciso garantir um nível de segurança maior.

Controle de acesso restrito

Um dos principais usos para a trava com chave de segurança está em aplicações onde é necessário restringir o acesso apenas a pessoas autorizadas. Isto é possível graças à necessidade de uma chave específica para sua abertura.

Vale lembrar que existem travas com chave de segurança que podem ser integradas a sistemas automáticos, como o motor portão basculante 4s. Esta é mais uma forma de garantir segurança e praticidade.

Mecanismo de travamento confiável

A trava com chave de segurança conta com um mecanismo de travamento confiável e seguro, que dificulta tentativas de arrombamento. Mesmo ainda utilizando a chave como método de destravamento, estes mecanismos possuem um nível de sofisticação maior, tornando-os mais seguros.

Em consideração à segurança, resistência e eficiência, o tipo de trava a ser escolhida depende muito da aplicação e do nível de segurança desejado. Compreender suas características particulares e avaliar seus pros e contras pode ser um passo decisivo para fazer a escolha certa. Lembre-se sempre: a segurança começa na escolha dos detalhes mais simples.

Tags:

Travas